Primeira corrida da Copa Petrobras de Marcas é decisiva para chegar ao título



Vencer a primeira corrida da última rodada dupla da Copa Petrobras de Marcas é o principal objetivo de todos os doze pilotos com chances de se sagrarem campeão da competição. Neste final de semana eles estarão no Autódromo de Curitiba para a decisão do campeonato que também define o título entre as montadoras Honda, Toyota, Mitsubishi, Chevrolet e Ford. Dar a largada com 50 pontos a mais – as duas corridas contam pontuação em dobro nestas etapas e, somadas, valem 100 – será fundamental para se aproximar do líder Ricardo Maurício que, claro, também busca a vitória.

“Quero manter a regularidade que tive durante toda a competição. Como os carros são muito parecidos, os quilos de lastro para os vencedores acabam fazendo muita diferença na aceleração e na frenagem entre outros pontos. Esses nove pontos de vantagem que levo nessa rodada são bem válidos, pois será quase 10% do que estará em jogo nas duas corridas. Meu objetivo é manter a constância do ano”, disse Ricardo Maurício (Honda Civic).

Vice-líder da Copa Petrobras de Marcas e o único entre os três primeiros a ter conquistado pelo menos uma vitória na temporada, Denis Navarro (Toyota Corolla XRS) diz que ganhar a primeira corrida do final de semana diminuiria um pouco a tensão na briga pelo título.

“Essa primeira prova já aliviaria um pouco a gente que está na briga direta pelo campeonato, mas estarão em jogo 100 pontos e nessa hora o ideal é esquecer o título e pensar em como acertar o carro da melhor maneira possível, largar entre os cinco primeiros e marcar o maior número de pontos, de preferência na frente dos adversários mais diretos. De uma coisa tenho certeza, que teremos muita emoção em Curitiba”, finaliza Denis Navarro.

Para Diego Nunes, terceiro colocado na classificação geral da Copa Petrobras de Marcas, e que a exemplo de Ricardinho ainda não venceu em 2012, a prova de abertura no domingo às 10h35 será decisiva para ele buscar o título de 2012. A segunda corrida está marcada para às 13h20.

“Para ter chances reais de chegar ao título, tenho de vencer a primeira corrida. Esse é meu principal objetivo. Fizemos várias simulações de resultados e chegamos à conclusão que só a vitória interessa. Para buscar essa primeira vitória preciso lutar para largar em primeiro ou segundo. Vencer na última rodada seria maravilhoso!“, disse Diego Nunes (Toyota Corolla XRS).

Outros títulos em jogo no final de semana são o das montadoras e o das equipes. A liderança entre as marcas é da Toyota com 472 pontos, seguida pela Honda (418), Mitsubishi (299), Chevrolet (217) e pela Ford, com 204.

Entre as equipes a primeira colocação está com a Bassani Racing (Toyota), com 333 pontos. A vice-líder é a Full Time (Honda), com 312, com RZ Competições (Toyota), com 268 e, fechando a lista das que mantêm chances matemáticas do título, a Officer ProGP (Mitsubishi) que tem 237.

Os doze primeiros no campeonato e com chances de chegar ao título de pilotos
1) Ricardo Maurício (Honda Civic), 182
2) Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), 173
3) Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), 160
4) Thiago Marques (Toyota Corolla XRS), 145
5) André Bragantini (Honda Civic), 141
6) Felipe Maluhy (Mitsubishi Lancer GT), 134
7) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), 123
8) Juliano Moro (Honda Civic), 116
9) Fábio Fogaça (Mitsubishi Lancer GT), 104
10) Thiago Camilo (Chevrolet Cruze), 101
11) Vitor Meira (Ford Focus) e Serafin Jr. (Ford Focus), 88

 

Fonte: Vicar Comunicação

Leave a comment

All fields marked (*) are required

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.