Pitacos I



Abrindo a série de pitacos do fim de semana, após as corridas da última visita da família Vicar (Stock Car, Brasileiro de Turismo e Mercedes Challenge) a Curitiba.

Hoje na segunda corrida do Brasileiro de Turismo o piloto Gustavo Frigotto teve um toque em que danificou seu parachoques traseiro e ele ficou solto na parte esquerda. Os mecânicos tentaram prender com silvertape mas ainda antes do final da reta, ele se partiu, ficando um pedaço bem grande de fibra de vidro na pista. Somente teve sinalização de detritos (bandeira listrada em vermelho e amarelo) e um fiscal da organizaçao atravessou a pista em bandeira verde para retirar esse pedaço. Após isso o piloto recebeu uma bandeira preta com círculo laranja, obrigando-o a fazer uma parada, na qual teve o seu parachoques quebrado melhor fixado.

Uma bandeira amarela localizada, obrigando os pilotos a diminuirem, ou até mesmo um safety car de uma volta bastariam para a retirada do pedaço de carro. Enquanto isso a Nascar dá bandeira amarela por uma garrafa de água que está na beira da pista, quase na grama.

É por essas e outras que o Automobilismo brasileiro mesmo estando em crise, não se ajuda em nada. E bola pra frente, pois ninguém mais vai comentar sobre isso.

Leave a comment

All fields marked (*) are required